BUSCAR

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Contas de Chorrochó são reprovadas

Na quinta-feira (09/12), o Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou as contas da Prefeitura de Chorrochó, da responsabilidade de Humberto Gomes Ramos,  relativas ao exercício de 2009.

Em razão das graves irregularidades remanescentes nos pareceres, a relatoria determinou a formulação de representação ao Ministério Público contra todos os gestores, que podem recorrer das decisões.

O acompanhamento da execução contábil, orçamentária, financeira e patrimonial das contas de Chorrochó apontou a ocorrência de diversos casos de ausência de licitação, no montante R$ 741.716, e de ausência de licitação por fragmentação de despesa, no valor total de R$ 855.064.

Foram identificados ainda a emissão de cheques sem fundos, irregularidades na locação de veículos e gastos irrazoáveis com diárias pagas ao prefeito. O relator, conselheiro Fernando Vita, imputou multa de 20 mil ao gestor.

Contas de Banzaê

As contas da Prefeitura Municipal, responsabilidade da prefeita Jailma Dantas e da Câmara de Vereadores, responsabilidade, presidente Edson Brito, também foram apreciadas e julgadas, nesta quinta-feira (09), porém, o resultado oficial ainda não foi divulgado pelo portal do TCM, mais segundo o Diretor da Câmara, Anderson Matos, as contas da Prefeitura foram aprovadas e as da Câmara foram reprovadas, em 2007 as contas da Câmara também foram reprovadas, mais o presidente Edson Brito recorreu e a aprovação com ressalvas foi aceita, estamos aguardando o resultado oficial no portal do TCM.

banzae

Nenhum comentário: