BUSCAR

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Dilma fecha ministério com Afonso no MDA

Afonso Bandeira Florence (PT-BA), à esquerda, e Iriny Lopes (PT-ES) foram os dois últimos indicados.
Afonso Bandeira Florence (PT-BA), à esquerda, e Iriny Lopes (PT-ES)

A presidente eleita Dilma Rousseff confirmou nesta quarta-feira (22) o nome de mais dois ministros, com isso está fechada a equipe do governo. Veja o perfil dos dois últimos nomes anúnciados por Dilma para o 1º escalão do futuro governador clicando em seus respectivos nomes.

deputada federal eleito com 143.795 votos, Afonso Bandeira Florence (PT-BA) foi indicado para comandar o Ministério do Desenvolvimento Agrário e a deputada federal também petista Iriny Lopes (PT-ES) será a ministra-chefe da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres. O anúncio foi realizado por meio de nota divulgada pela assessoria de imprensa.

Com a indicação desses dois últimos nomes, o PT comandará o maior número de pastas no próximo governo: serão 17 ministros. O PMDB, partido do vice-presidente eleito Michel Temer, ficará com seis ministérios. O PSB foi contemplado com duas vagas. PDT, PR, PC do B e PP contarão com um ministro cada um. Outros oito indicados não têm partido. O PRB, partido do vice-presidente José Alencar não foi contemplado com nenhum cargo no 1º escalão do futuro governo.

Depois de indicados os integrantes da equipe de governo, segundo a assessoria, a presidente eleita pretende passar o Natal em Porto Alegre (RS), com a família.

Afonso é aliado fiel do senador eleito Walter Pinheiro e faz parte da DS - Democracia Socialista, corrente petista que tem como principal nome no estado o futuro senador, no governo Wagner, Afonso foi Secretário estadual da SEDUR - Secretaria de Desenvolvimento Urbano e deixou o cargo em março para concorrer sua primeira eleição e vencer para deputado federal, para muitos a vitória de Florence foi concretizada pelo apoio dado a ele por Pinheiro que esta terminando seu quarto mandato como deputado federal.

A indicação de Afonso, é uma vitória também do governador Jaques Wagner, do PT baiano e do Nordeste, pois os Estados do Nordeste já tinha reivindicado a futura presidente o Ministério do Desenvolvimento Agrário que coordena o Pronaf – Programa de Agricultura Familiar – que este ano financiou R$ 16 bilhões em projetos para pequenos agricultores. Ao lado do programa bolsa família, o Pronaf é um dos mais aprovados programas do governo. O ex. deputado Emiliano José (PT) vai assumir a cadeira de Afonso em fevereiro, Emiliano é o 2º Suplente da Coligação: PT/PP/PSB/PCdoB/PRB/PHS, mais como o 1º Suplente, o ex. boxeador Popó (PRB) vai assumir também por causa da indicação de Mário Negromonte (PP) para o ministério das Cidades, Emiliano também será beneficiado assim como aconteceu nesta legislatura quando ele assumiu no lugar do deputado Nelson Pelegrino (PT) quando teve que sair da Câmara para ser Secretário Estadual de Justiça do estado, na eleição passada, Emiliano também ficou na 2ª Suplência. Com a ida dos dois primeiros suplente, assumi o posto de 1º Suplente o ainda deputado Sérgio Carneiro (PT) que não conseguiu a reeleição e terminou com a 3ª Suplência da Coligação.

A notícia da indicação de Afonso e Iriny tinha sido extra oficialmente divulgada pela colunista e blogueira Cristina Lôbo do G1.


 Fonte Veja Perfil: G1

Nenhum comentário: