BUSCAR

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Cortes não afetarão PAC, Copa e Minha Casa, Minha Vida, afirma Dilma

Foto: Manu Dias (AGECOM/BA)


A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (21) em Sergipe que o corte de R$ 50 bilhões no Orçamento de 2011 não afetará os investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento, (PAC), do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida e os projetos relacionados à Copa do Mundo de 2014.

Dilma participou nesta segunda em Sergipe do 12º Fórum de Governadores do Nordeste, no município de Barra dos Coqueiros.

"Nossos cortes preservarão investimentos. Estamos, sim, fazendo uma consolidação fiscal. Não é igual ao que aconteceu em 2003, quando tínhamos inflação fora do controle, não tínhamos US$ 300 bilhões de reservas nem tampouco um nível e um projeto de desenvolvimento em que todos mantiveram seu patamar de investimentos", disse.

No encontro os governadores nordestinos solicitaram da presidente a volta da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira), o governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT), disse que a presidente quer debater a proposta, porém, o ministro de Relações Institucionais, Luiz Sérgio, negou negociação sobre tema.

Na foto os governadores nordestinos ao lado da presidente Dilma Rousseff, da esquerda para direita, Teotônio Vilela (PSDB/AL), Wilson Martins (PSB/PI), Cid Gomes (PSB/CE), Marcelo Déda (PT/SE), Dilma ao centro, Jaques Wagner (PT/BA), Eduardo Campos (PSB/PE), Ricardo Coutinho (PSB/PB), Rosalba Ciarlini (DEM/RN) e Washigton Luiz (PT/MA), vice-governador que substituiu a governadora Roseana Sarney (PMDB) que esta internada.

Nenhum comentário: