BUSCAR

segunda-feira, 21 de março de 2011

OBAMA NO BRASIL (RIO DEJANEIRO)


Fã do "soccer", Obama recebe camiseta rubro-negra na Gávea


O presidente norte-americano deve deixar o Brasil com excesso de bagagem no Air Force One. Como se não bastasse a quantidade de saudações e homenagens que tem recebido por onde passa, ele também tem sido muito bem abastecido de presentes, na visita ao país neste final de semana. Após a visita à Cidade de Deus, onde jogou futebol com as crianças (foto), ele recebeu uma camiseta do Flamengo. O clube carioca montou uma verdadeira operação para presentear Obama, que recebeu a camisa das mãos da presidente Patrícia Amorim, no Campo da Gávea. Após a visita à Cidade de Deus, Obama e família voltaram ao hotel Marriot, em Copacabana, onde almoçam. À tarde ele discursa, somente para convidados, no Theatro Municipal do Rio.


Na Cidade de Deus, presidente bateu bola com as crianças

Obama discursando no Theatro Municipal

O presidente norte-americano Barack Obama iniciou o seu discurso no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, na tarde deste domingo (20), com citações à cultura brasileira. Depois de dizer que sua mãe, já falecida, o havia apresentado o filme “Orfeu do Carnaval”, um dos maiores sucessos do cinema brasileiro, ele brincou ao dizer que é difícil concorrer com o futebol no Brasil, mas pediu a atenção do povo brasileiro antes do jogo entre Vasco e Botafogo, pelo Campeonato Carioca. Obama também mostrou conhecer nossa música. Ele citou Jorge Ben e a música “País tropical” e foi aplaudido diversas vezes pelos convidados, ao arriscar algumas palavras em português. O discurso de Obama, que seria realizado na Cinelândia, aberto ao público, foi transferido para o Theatro Municipal por questões de segurança. O evento é só para convidados.

Com muitas palavras em português e em tom amistoso, o presidente dos EUA, Barack Obama, elogiou a presidente Dilma Rousseff por ter lutado contra a ditadura, e destacou os pontos comuns que há entre o seu país e o Brasil. “Ela foi torturada pelo seu próprio país e sabe o que é ficar sem um dos direitos mais básicos do ser humano. (...) Ela sabe o que é superar”, afirmou. Ele se referiu a Dilma, com quem se encontrou em Brasília, neste sábado, como “maravilhosa presidente”. Obama centrou suas palavras na possibilidade de parceria entre os dois países, as duas maiores economias do novo mundo. Não à toa, a palavra “together” (juntos em inglês) foi citada nove vezes no discurso. Aplaudido de pé, ele disse ainda que EUA e Brasil não devem ser parceiros "sênior" e "júnior", mas parceiros iguais. Para o presidente norte-americano, "o futuro do Brasil é agora".

Obama e sua família durante visita ao Cristo Redentor (Foto: Reuters)
Obama e sua família durante visita ao Cristo Redentor (Foto: Reuters)

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, a primeira-dama Michelle e as filhas encerraram a passagem pelo Brasil na noite deste domingo (20) com uma visita a um dos principais cartões-postais do país, o Cristo Redentor, no Rio.

Eles chegaram pouco depois das 21h, observaram a estátua em silêncio e foram até o mirante olhar a cidade do alto. Passaram cerca de 30 minutos no local. No fim da visita, o tempo ficou encoberto.

Nenhum comentário: