BUSCAR

quarta-feira, 30 de março de 2011

PREFEITO NEGO DE FÁTIMA, ACUSADO DE COMPRAR VOTOS COM GASOLINA


Prefeito do município de Fátima

A Procuradoria Regional Eleitoral da Bahia (PRE) denunciou o prefeito de Fátima, no nordeste do estado, por ter comprado votos em troca de gasolina, nas últimas eleições. José Idelfonso Borges dos Santos, o Nego, responderá por crime eleitoral, De acordo com a PRE, ele teria, junto com o motorista Arlan Gonzaga dos Santos, distribuído combustível gratuitamente a eleitores do município. Os próprios agentes da instituição flagraram frentistas de um posto da região a abastecer mediante um “vale combustível” que continha a assinatura do condutor. Fotos e um exame grafológico nos documentos serviriam como prova da denúncia. Caso Nego seja condenado, a pena de reclusão é de até quatro anos.

Nenhum comentário: